terça-feira, 5 de julho de 2011

Migas de Beldroegas... ou para "eles" Migas Burras

Aqui há 20 anos estive em  Elche, Espanha. Visitei o El Huerto del Cura , fui a uma praia, entre outras coisas.
Depois de um dia de praia sentei-me na esplanada de um café. Ali, as cadeiras estavam  enterradas na areia e o balcão ficava ao lado de uma horta. O que me chamou à atenção naquela horta foi a variedade incrível de abóboras. Intrigado, fui falar com o dono da horta. Mostrou-me abóboras com rugas, abóboras com cara de bruxa, verdes, cor de laranja, redondas , cilíndricas, amarelas, anãs, gigantes, etc. E tinha numa  casinha ao lado da horta, em gavetinhas de madeira, uma selecção maravilhosamente ordenada de sementes. Gostei muito de falar com o homem. Depois pedi-lhe para me vender uma. Ofereceu-ma. Agradeci. Nisto quando estava a escolher a minha abóbora, reparei que o chão estava "infestado" de beldroegas, e disse-lhe que nós fazíamos muitos pratos com aquela erva.  Ele riu-se e respondeu: - A sério! - Olhe Olhapim eu disso, só dou aos BURROS.

Ahahahah! De burros não temos NADA.

Caríssimo homem das sementes de abóbora, o meu capitulo de beldroegas é todo  dedicado  a si.
Assinado Olhapim - O Burro

Nunca, mas nunca mais me esqueci disto.

Migas Burras- Migas de Beldroegas

Ingredientes para UMA pessoa [depois multiplicam  pelos comensais que quiserem]

-uma mão cheia de rebentos  de beldroegas,
-um "fio" de azeite, 
-um dente de alho, 
-uma fatia de pão ALENTEJANO sem côdea



Escalde as beldroegas e passe de imediato por água gelada ( para ficarem com um verde vivo) .Deixe escorrer bem  toda água. Num tacho com um fio de azeite bem quente deite o alho esmagado. Deixe o alho fritar ligeiramente e depois junte as beldroegas mexendo sempre até ficarem tenrinhas. À parte na 1-2-3 pique a fatia de pão alentejano, duro de preferência, e junte ao preparado. Deixe cozinhar por uns minutos até que o pão deixe uma crosta no fundo tacho.
Sirva com o queijo  Boffard Grand Reserva, ou  qualquer um que queira e goste, ralado por cima .

Olhapim informa
É um excelente acompanhamento para uma boa posta de bacalhau.
E digo-vos em linguagem de burros ou  "burranês"  que é estupidamente delicioso.


Olhapim adverte
Burros?! Onde?!
Ahahahah!











Olhapim, 
Alentejo...



P.S Deste modo também se faz esparregado de beldroegas.

1 comentário: